Global Youth Letter

Jovens em todo o mundo, incluindo nas Américas, são unânimes ao afirmar que as mudanças climáticas estão entre as maiores ameaças que o planeta enfrenta na atualidade. Contudo, muitos deles ainda encontram dificuldades para se engajar em ações significativas e ter suas vozes ouvidas, revela relatório do British Council publicado em 9 de setembro de 2021.

Para a criação da Carta Global das Juventudes pelo Clima, foram entrevistados mais de 8.000 jovens de 18 a 35 anos de 23 países, entre janeiro e março de 2021, sobre suas perspectivas sobre as mudanças climáticas. A mensagem mais proeminente que surgiu deste exercício de pesquisa foi que, em todos esses 23 países, há uma voz forte e unânime dos jovens em relação às mudanças climáticas. 

Principais achados

  • 75% dos jovens entrevistados acreditam ter habilidades para lidar com as mudanças climáticas em suas comunidades - mas 69% deles nunca participaram de ações climáticas.
  • Há, entre eles, uma grande preocupação de que as vozes das mulheres e de grupos subrepresentados sejam esquecidas na política atual de mudança climática.
  • 67% dos jovens acreditam que os líderes não podem enfrentar os impactos das mudanças climáticas sozinhos.
  • Mais de 90% dos jovens no Brasil acreditam que as mudanças climáticas já estão impactando suas vidas. Os três principais efeitos observados por eles são: 1. seca/ondas de calor; 2. diminuição das fontes de água; e 3. chuvas excessivas/condições extremas do clima.
  • 95% dos jovens no México concordam que a mudança climática é uma das maiores ameaças que seu país enfrenta. Os três principais efeitos observados pelos jovens mexicanos são: 1. padrões de chuva desequilibrados; 2. esgotamento dos recursos de água doce; e 3. perda da cobertura florestal.
  • Os jovens nas Américas acreditam que líderes e formuladores de políticas têm o poder de "integrar" a ação climática dos jovens e envolvê-los de maneiras mais significativas.

Os resultados desse levantamento foram usados para escrever a Carta Global das Juventudes pela Clima, uma chamada à ação estabelecendo as aspirações e recomendações dos jovens em relação às mudanças climáticas. A carta se dirige diretamente aos formuladores de políticas e líderes mundiais que participarão da 26ª 26ª Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP26), que acontecerá em novembro de 2021, em Glasgow, na Escócia.

Você também pode fazer parte dessa iniciativa e se manifestar, acrescentando suas próprias recomendações para enfrentar as mudanças climáticas à carta.

Assine a Carta Global das Juventudes pelo Clima

Conheça os países participantes

África do Sul, Alemanha, Brasil, Emirados Árabes Unidos, Etiópia, Filipinas, Índia, Indonésia, Irlanda, Itália, México, Mianmar, Nepal, Nigéria, Quênia,Reino Unido, Turquia, Vietnã e Zimbábue. Vozes incluídas na Pesquisa de Percepção de Jovens no Afeganistão, Bangladesh, Paquistão e Sri Lanka.

Esta pesquisa faz parte do programa The Climate Connection do British Council, que visa reunir pessoas de todo o mundo para enfrentar os desafios das mudanças climáticas.