Fabio Andrés Franco / Administrative Assistant, Colombia

Qual foi a coisa mais importante que você aprendeu trabalhando no British Council?

Nas diferentes áreas em que trabalhei, a coisa mais importante que aprendi foi a fazer a coisa certa. Isso é demonstrado pelo impacto que temos gerado na Colômbia nestes 80 anos. É gratificante receber os agradecimentos das pessoas com quem trabalhei ao longo dos anos, em diferentes projetos: professores, reitores, e até mesmo crianças que foram beneficiadas por algum projeto onde atuei. 

Qual habilidade você desenvolveu ou aprendeu trabalhando aqui?

Desenvolvi muitas habilidades, tais como: gerencimento financeiro, gerenciamento de tempo, gerenciamento de ferramentas do escritório, entre outras. Mas, a habilidade que eu mais desenvolvi, foi o meu lado logístico, atuando no planejamento e na execução de diferentes eventos e ações. Isso exigiu muita organização para que os objetivos fossem atingidos.

Como você descreveria as pessoas com quem trabalha?

Um dos pontos positivos do British Council é ter um time multidisciplinar, onde o conhecimento e a experiência de cada um criam dias mais agradáveis e enriquecedores e, consequentemente, melhoram nosso trabalho. 

Que outra área ou unidade de negócio você gostaria de explorar dentro da organização?

Eu gostaria de trabalhar na área de Artes algum dia. Por toda a minha vida eu gostei de trabalhar para outras pessoas e é muito importante apoiá-las na construção de um país melhor. 

O que acha que o British Council poderia/deveria fazer mais?

Continuar trabalhando pelos menos favorecidos. Recentemente, por meio do projeto Cultural Heritage for Inclusive Growth, a Colômbia alcançou regiões que nunca imaginaram que poderiam ser alcançadas. Isso mostrou que não somos apenas um centro para o Ensino de Inglês, mas que somos fortes, também, nas questões sociais e humanitárias. 

O que gostaria de dizer a qualquer pessoa que esteja interessada em trabalhar no British Council?

Dê a si mesmo a oportunidade de conhecer uma outra cultura organizacional. Nós nos tornamos uma grande família. Você conhecerá ótimas pessoas e terá a oportunidade de fazer grandes coisas, desde que se proponha a fazê-las tanto pessoal quanto profissionalmente.