Samantha Lanaway / Country Director - Peru

O que mais faz você gostar de trabalhar aqui?

Fazemos uma diferença verdadeira na vida das pessoas e nos sistemas, organizações e sociedades. Eu vejo, ouço e sinto a prova disso todos os dias.

Por que você aconselharia alguém a trabalhar conosco?

Você vai aprender sem parar. Você vai crescer, desafiar a si mesmo, criar relacionamentos e se tornar um profissional melhor e mais forte. Você estará cercado de pessoas talentosas e fará parte de uma rede global que não para de surpreender. Você fará parte de uma cultura organizacional que fala abertamente e trabalha duro por muitos princípios que são essenciais na sociedade atual: uma vida equilibrada, igualdade, diversidade, inclusão, proteção infantil, proteção de dados e muitos outros.

Na sua opinião, quais são as melhores qualidades da empresa que devemos cultivar?

Nosso poder de unir. Trabalhamos com muitos temas, setores e localizações. Unimos as pessoas (dentro dos países e internacionalmente) de novas formas para solucionar problemas importantes, o que é um recurso muito poderoso.

Descreva nossa cultura com três palavras:

Criativa, profissional e dinâmica.

Qual foi o impacto que o British Council teve na sua carreira?

Foi uma continuação natural do trabalho que eu estava fazendo antes (com ensino fundamental, técnico e superior), mas que também direcionou meus conhecimentos e habilidades para novos contextos e propósitos: relações internacionais e culturais, políticas, criação de parcerias de sustentabilidade e resultados, além da conexão do potencial das artes e do ensino para a transformação social. Desta forma, me ensinou a trabalhar com questões mais complexas, abrangentes e relevantes.

O que motiva você a ir sempre além do esperado no trabalho?

Eu sei que o que fazemos é relevante. Vejo pessoas de todos os cantos (do British Council, das organizações parceiras e participantes dos programas que oferecemos) fazendo um trabalho incrível para criar sociedades melhores, mais fortes e mais seguras. Temos uma posição privilegiada para unir as pessoas do Reino Unido e do mundo todo para ter conversas e fazer trabalhos extremamente necessários.