Yailet Landrove / Arts & English Manager, Cuba

O que mais faz você gostar de trabalhar aqui?

O que mais gosto é a oportunidade de interagir com tantas pessoas talentosas e diversificadas.  Como gerente de projetos, é muito gratificante participar de programas que fazem mesmo a diferença na vida das pessoas. É bem complexo e desafiador, o que me incentiva a desenvolver minhas habilidades e aprender com colegas mais experientes. Trocar experiências com crianças, professores experientes, especialistas e artistas talentosos nos projetos que criamos é muito empolgante, pois traz uma nova perspectiva e uma nova narrativa para cada um deles.

Por que você aconselharia alguém a trabalhar conosco?

Porque você poderá contribuir com o sucesso de programas regionais e até mesmo globais que beneficiam comunidades carentes do mundo todo. Outro excelente motivo é que o British Council oferece oportunidades de aprendizagem e desenvolvimento, incentiva talentos e apoia o crescimento profissional de sua equipe, seja qual for o seu cargo na organização. 

Na sua opinião, quais são as melhores qualidades da empresa que devemos cultivar?

Ser uma organização global que gera influências por meio de relacionamentos culturais e oportunidades de ensino.

Descreva a cultura do British Council com três palavras:

Inclusiva, global e criativa.

Qual foi o impacto que o British Council teve na sua carreira?

Me tornei uma profissional mais qualificada, resiliente e competitiva. Os relacionamentos com especialistas e artistas do Reino Unido em nossos programas de Artes e Inglês renovaram e ampliaram minhas perspectivas profissionais 

O que motiva você a ir sempre além do esperado no trabalho?

Minha principal motivação é acreditar que nosso trabalho é realmente importante, faz a diferença e é valorizado nos países onde trabalhamos. Isto me deixa orgulhosa de fazer parte do recurso mais valioso do British Council: sua equipe.