Dica 9

Aos poucos, a normalidade retorna ao ambiente educacional. É importante conhecer algumas recomendações para que você e seus alunos voltem com segurança à sala de aula, liderando aulas inclusivas, dinâmicas e seguras em termos de saúde. 

Nosso especialista Andrew Foster reuniu algumas dicas e orientações sobre o assunto.

Clique nos "+" para expandir e ver as dicas por completo.

Volta às aulas presenciais depois da COVID-19? Veja dicas:

Começando

Descobrir o que os alunos têm feito pode ajudá-lo a entender suas necessidades agora que estão de volta à escola.

  • Pergunte e responda: Faça algumas perguntas sobre o tempo que passaram fora da escola, seja em inglês ou em sua língua materna (dependendo do nível de linguagem dos estudantes). Escreva as perguntas no quadro. Peça-lhes que façam e respondam às perguntas com um parceiro. Os alunos mais velhos podem escrever em um pedaço de papel, que você pode coletar e ler depois. Deixe-os escolher sobre quais questões desejam falar.
  1. O que você fez quando a escola fechou?
  2. O que foi bom?
  3. O que foi difícil?
  4. Você fez algo diferente com sua família ou amigos?
  5. Você assistiu algum programa de TV ou ouviu rádio em inglês?
  6. Você usou algum site ou aplicativo móvel para aprender inglês?
  7. Você falava inglês em casa? Com quem você falou?
  8. Você leu partes do seu livro de inglês ou outros livros em inglês?
  • Peça a alguns alunos que compartilhem suas respostas se forem muito jovens para escrevê-las. Encoraje e reconheça as dificuldades que eles tiveram. Use suas respostas para planejar o apoio aos alunos que precisam. Depois da aula, leia tudo o que está escrito e escreva uma resposta curta para cada aluno, se tiver tempo.
  • Verdadeiro ou falso: peça aos alunos que escrevam cinco frases sobre o que fizeram enquanto a escola estava fechada, a maioria verdadeira, mas uma ou duas que não sejam verdadeiras. Em pares ou grupos, um aluno lê as frases e os outros ouvem todas, e então adivinha quais são verdadeiras e quais são inventadas.

Ideias para gerenciamento e aprendizagem de sala de aula

Adaptação de atividades: sua escola ou país pode ter regras importantes para proteger professores, funcionários, alunos e a comunidade. Pense em como as novas regras afetam as atividades que você pode realizar com os alunos na sala de aula. Se algumas não forem adequadas agora, você pode adaptá-las ou substituí-los por atividades mais seguras? Por exemplo:

  • O trabalho em pares ou em grupo pode precisar de mais espaço, o que significa que os alunos têm mais dificuldade em ouvir o(s) seu(s) parceiro(s). Tente configurar atividades em que um aluno seja o palestrante e o outro responde com sinais (por exemplo, para 'Sim', 'Não' ou 'Não sei') ou incentive os alunos a ouvir e usar uma série de respostas curtas e adequadas que você ensina antes do exercício.
  • Experimente algumas tarefas de escuta ativa em que o ouvinte não fala, mas anota os pontos-chave do que seu parceiro diz sobre um tópico (por exemplo, "Três coisas de que gostei ou não gostei em ficar em casa". Quais foram as três coisas? eram gostos ou desgostos?).

Usando o meio ambiente: se sua escola tiver um espaço ao ar livre que seja seguro para as crianças, você pode usá-lo? Existe alguma coisa lá que você possa usar para ensinar um idioma e permitir que os alunos usem mais o espaço? Por exemplo, você poderia usar coisas na área ao redor da escola para descrever lugar e tamanho ou outros? Você poderia fazer uma caça ao tesouro, usando perguntas em inglês para as crianças encontrarem objetos  e responderem a charadas?

Atualização: Se os alunos perderam muito tempo de aprendizagem, tentar cobrir o programa definido pode parecer muito. Certifique-se de verificar o que os alunos são capazes de fazer com o idioma que já estudaram. Isso pode ser feito por meio de conversas em pares ou escrevendo uma cartinha para outro aluno, que você pode corrigir depois, ou criando um questionário ou teste regular.

Pensando no futuro

Algum aprendizado útil veio da experiência do fechamento com a pandemia? O que poderia ajudar a apoiar os alunos quando a escola estiver aberta e o que poderia ser útil se algum aluno não pode ir à escola no futuro? Existem coisas que você pode configurar agora para facilitar se a escola tiver que fechar novamente?

Tente descobrir se algum aluno ou adulto responsável precisa de orientação para usar as informações ou atividades que lhes são enviadas. Você pode dedicar mais tempo ou atenção às crianças ou adultos que não tiveram acesso a nenhum apoio fornecido fora da escola?

Sobre o autor

Andrew Foster é gerente sênior acadêmico do programa Teaching for Sucess do British Council na Tunísia. Antes disso, ele ensinou inglês em vários países e trabalhou em gestão educacional, tecnologia e suporte ao aluno.

Fique por dentro

Gostou de receber essas dicas? Fique por dentro de todas as novidades de New Ways of Teaching assinando nossa newsletter.

External links