Dica 5

Ter boas referências culturais é vital para enriquecer os espaços educacionais, mas como podemos promover esses conhecimentos nos meios virtuais?

Radhika Gholkar apresenta algumas dicas e lugares para visitar on-line com seus alunos, elevando suas aulas a um outro nível de diversão e relevância.

Como organizar viagens virtuais para seus alunos de idiomas

Começando

  • Faça uma pesquisa sobre os tipos de passeios virtual disponíveis para escolher o mais adequado para seus alunos. Considere o conteúdo, mas também o tipo de suporte de áudio/vídeo que eles fornecem (incluindo os níveis de idioma abordados) e quaisquer outros recursos.
  • Você precisará ajudar os alunos a se familiarizarem com a navegação no site escolhido. Esses sites muitas vezes exigem que os alunos usem várias funções, como as teclas de seta e guias, por exemplo, para se moverem virtualmente por um museu ou estação espacial, por exemplo. Antes que a atividade seja, de fato, realizada, faça uma pré-orientação rápida.
  • O planejamento é a chave. Isso ajudará os alunos a se manterem atualizados, garantirá que você tenha o conteúdo apropriado para a aula e reduzirá potencialmente os riscos para os estudantes.
  • Alguns tours virtuais são bem recheados e completos. Uma sugestão é selecionar um objeto ou uma seção específica para focar na lição. Isso garantirá que seus alunos não se distraiam com o site e se concentrem na tarefa que deve ser feita.
  • Seja claro sobre os objetivos de aprendizagem da sua visita, em termos de desenvolvimento de linguagem e habilidades.
  • A maioria dos safáris de vida selvagem são ao vivo, mas existem gravações on-line. Você pode querer encontrar uma gravação para sua aula para que possa planejar seu conteúdo de acordo com o que eles verão.

Ideias para atividades pré-visita

  • Envie pequenas leituras/conteúdos audiovisuais, relacionados ao tema da visita, como tarefas que devem ser realizadas antes do seu tour virtual. Essa é uma boa maneira de fornecer informações que serão retomadas na visita on-line.
  • Estabeleça atividades que exijam que os alunos adivinhem sobre o que será a visita. Você pode usar palavras/frases fora de ordem e imagens incompletas para dar algumas pistas.
  • Anuncie a visita e peça aos alunos que conduzam entrevistas com amigos e/ou familiares sobre o local que vocês irão visitar virtualmente - "O que eles já sabem sobre esse local?"
  • Se vocês vão fazer um safári de vida selvagem, por exemplo, você pode pedir aos alunos que adivinhem os animais que eles podem ver nessa aventura on-line.
  • Para alunos mais jovens, desperte a curiosidade pedindo que eles imaginem como será e façam um desenho do que esperam ver.
  • Dê uma lista de três locais com visitas virtuais e peça aos alunos que façam uma votação para escolher qual será visitado. Você pode ofercer de ante-mão uma amostra dos passeios, por exemplo.

Ideias para atividades durante a visita

  • Você mesmo pode orientar os alunos durante o tour virtual durante a aula dando informações e deixando que seus estudantes respondem a perguntas enviadas anteriormente.
  • Se o tour virtual ajuda você a ensinar um tópico ou ponto de linguagem de seus livros didáticos, você pode ensinar esses pontos e, em seguida, fazer um pequeno tour on-line para mostrar o que acabou de ensinar.
  • Ensine as direções usando os tours virtuais. Você pode dar um conjunto de instruções de direções a diferentes grupos e pedir-lhes que localizem o objeto ou a pintura para a qual elas levam. Isso também pode ser uma competição saudável para fazer com seus alunos.
  • Defina locais diferentes para grupos diferentes e, em seguida, reúnam-se na sala de aula on-line para discutir o que viram.
  • Prepare uma caça ao tesouro. Peça a diferentes grupos para encontrar um artefato ou objeto específico e anotar a localização e as informações sobre ele.
  • Se você estiver usando um safári de vida selvagem, peça aos alunos que escrevam uma história com base no que veem.

Ideias para atividades após a visita

  • Faça um teste rápido com base no tour virtual.
  • Peça aos alunos para criarem um tour virtual de suas próprias casas, jardins ou parques próximos às suas residências.
  • Defina diferentes tarefas de Writing para os alunos. Eles podem escrever histórias, blogs, comentários, e-mails para amigos/família ou poemas com base na visita.
  • Selecione de quatro a cinco artefatos ou objetos que viram durante o tour virtual. Peça aos alunos que encontrem mais informações sobre eles e, em seguida, gravem um pequeno arquivo de áudio para apresentar o objeto ao resto da classe enquanto praticam o Speaking

Coisas para se ter em mente

  • Permissão e privacidade: para crianças e adolescentes, você precisa garantir que os pais saibam sobre os passeios virtuais ou safáris de vida selvagem que você está usando para as aulas. Você pode orientar os pais sobre suas aulas. Certifique-se de verificar as configurações de privacidade dos sites que seus alunos visitarão.
  • Uso de dados: para essas atividades, os alunos precisarão de boa conectividade com a Internet e de um computador ou laptop.

Sobre a autora

Radhika Gholkar é gerente acadêmica sênior do British Council na Índia. Ela gerencia projetos de desenvolvimento de professores em parceria com governos estaduais nos setores de educação e tem experiência substancial no ensino de inglês presencial e on-line. Ela está particularmente interessada no potencial do uso de tecnologia para o crescimento profissional de professores observando, por exemplo, como isso pode ser apoiado por meio de comunidades de prática no WhatsApp.

Fique por dentro

Gostou de receber essas dicas? Fique por dentro de todas as novidades de New Ways of Teaching assinando nossa newsletter.

External links