Dica 7

Assim como qualquer aula presencial, as aulas virtuais também exigem um trabalho grande de preparação e uma estrutura de trabalho bem definida.

Nesta dica, Karen Waterson apresenta as diferenças entre as dinâmicas físicas e virtuais e mostra como abordar e desenvolver seu ensino on-line.

Clique nos "+" para expandir e ver as dicas por completo.

Como fazer o planejamento de aulas virtuais ao vivo?

Começando

Converter aulas presenciais em aulas on-line é extremamente difícil, por isso é melhor começar o planejamento de suas aulas on-line do zero.

Aqui está uma checklist para te ajudar a fazer isso.

  • Você já decidiu o que deseja que os alunos alcancem ao final da aula/curso?
  • Você sabe como apresentará o novo material? Quais ferramentas você usará? (PowerPoint/áudio/vídeo/imagens/Word/livro didático)
  • Você decidiu com quem seus alunos interagirão durante a aula, quando e como?
  • Você sabe como verificará as respostas dos alunos às diferentes atividades?
  • Você sabe quais recursos diferentes usará? (tente utilizar o mínimo possível de novos recursos)
  • Você já calculou quanto tempo levará cada tópico?
  • Você tem um plano B caso a tecnologia falhe?
  • Conduzir uma aula on-line ao vivo pela primeira vez pode ser tão impactante quanto a primeira vez que você entrou em uma sala de aula de verdade, então lembre-se de manter a simplicidade. Use menos, em vez de mais recursos.

É tudo uma questão de planejamento

Com a experiência, nossos planos se tornam mais relaxados e mais naturais. Nas aulas presenciais, respondemos aos nossos alunos com naturalidade e aproveitamos as oportunidades de aprendizagem, mesmo que isso nos afaste do plano da aula.

É mais difícil fazer isso em uma aula on-line. Fazer um planejamento detalhado é essencial. Lembre-se de que a prática leva à perfeição.

Coisas para se ter em mente

  • Não há tempo de intervalo para o professor durante as aulas on-line, portanto, certifique-se de ter tempo livre durante o dia.
  • Compartilhe seus materiais. O planejamento leva mais tempo, portanto, conecte-se com outros professores para compartilhar recursos e ideias. Configure uma pasta virtual que possa ser dividida entre você e seus colegas.
  • Use o campo de anotações nos slides do PowerPoint para adicionar notas e sugestões para si mesmo, sem que outras pessoas vejam.

Ideias para aulas

O começo da aula

  • Tenha um slide de boas-vindas genérico para o início. Inclua instruções sobre o que os estudantes precisam para a aula. Inclua uma nota para dizer aos alunos para testar o microfone e o vídeo antes de começar. Adicione o tópico da lição.
  • Faça uma pequena atividade de aquecimento. Encontre algumas dicas do que fazer neste link. 
  • Exiba os objetivos da lição na tela.
  • Faça uma breve introdução ao tópico:
  1. Os alunos escrevem em um papel aquilo que já sabem e, em seguida, colocam a folha diante da câmera ou abrem o microfone para compartilhar suas ideias. Outra alternativa é criar uma enquete/questionário sobre o tópico. Dê dicas do que será abordado embaralhando as palavras-chaves do tema ou compartilhando uma imagem editada, para que os alunos adivinhem o assunto.
  2. Sugira uma letra inicial para que os alunos escrevem palavras que começam com ela e que estão relacionadas ao tópico da aula.
  3. Os alunos podem dizer o que veem ao seu redor que está relacionado com o tema da aula.

Meio da aula

Faça uma atividade usando recursos como slides/fotos/vídeos para apresentar um tópico. Uma grande vantagem das aulas on-line é poder planejar o trabalho com antecedência.

Aproveite os recursos on-line para editar seu texto e usar tamanho e cores diferentes para dar ênfase em partes de discurso e pronúncia, mover palavras para criar frases, mover objetos para mostrar como as frases são transformadas em perguntas, além de usar imagens e vídeos - tudo contribui para uma boa aula virtual. Aqui estão algumas ideias.

Gramática: crie uma situação que envolva o uso do ponto gramatical. Escolha frases de exemplo e mostre-as no contexto. Faça anotações na tela ou use negrito/itálico para mostrar a gramática. Escolha as regras gramaticais que serão apresentadas. Os alunos podem praticar o que foi ensinado em diferentes contextos, seja em salas de apoio (breakout rooms), em duplas ou em trio.

Leitura: Coloque um texto na tela. Defina um cronômetro. Os alunos marcam até onde chegaram na leitura. Os alunos marcam palavras desconhecidas na tela. Os alunos usam seu próprio dicionário (on-line ou em papel) para procurar os significados de palavras novas. Questões de compreensão podem ser apresentadas em seguida, em conjunto ou em salas de apoio (breakout rooms).

Compreenção auditiva: reproduza um vídeo com o áudio desligado para que os alunos possam prever o diálogo. O vídeo é então reproduzido com o áudio ativado e, em seguida, o professor pode perguntar sobre as semelhanças e diferenças entre o que eles esperavam ver e o conteúdo do vídeo em si. Finalmente, um teste/enquete pode ser feito para responder a algumas questões de compreensão sobre o conteúdo apresentado.

Speaking (conversação): Os alunos usam seus dedos ou fantoches para encenar um diálogo em voz alta com os microfones desligados, então eles nomeiam pares ou pequenos grupos para ter a conversa na frente de outras pessoas.

Escrita: Mostre um modelo de texto e faça anotações utilizando os recursos on-line para marcar pontos de interesse. Dê-lhes exemplos para que os alunos possam fazer seu próprio rascunho em seguida. Incentive-os a pedir ajuda uns aos outros para a criação de seus textos.

Veja nosso guia on-line sobre feedback e correção on-line

Veja nosso guia on-line sobre ensino inclusivo on-line

O fim da aula

  • Use o quadro branco compartilhado para um final colaborativo.
  • Use o chat para que os alunos compartilhem suas palavras favoritas ou novas frases.
  • Faça com que os alunos resumam a lição que aprenderam na aula.

Sobre a autora

Karen Waterston tem mais de 20 anos de experiência no campo educacional, sendo que boa parte desses anos foram dedicados ao treinamento e desenvolvimento de professores. Atualmente, é tutora de English for Academic Purposes (EAP) na University of Edinburgh.

Fique por dentro

Gostou de receber essas dicas? Fique por dentro de todas as novidades de New Ways of Teaching assinando nossa newsletter.